LIGUE

13 99704-1050

    Soluções em TI

  • Terminais de contêiners colhem bons resultados com sistemas de gestão de terminal.

    A produtividade é cada vez mais fator diferencial entre terminais de contêineres. Na busca da competitividade, as empresas que administram os tecons têm investido pesado não só em equipamentos de movimentação, como também em sistemas que trazem melhorias nos processos administrativo e operacional. Responsáveis pelos aperfeiçoamentos, as equipes de tecnologia da informação (TI) participam ativamente do desenvolvimento e integração de sistemas, a partir de soluções de fornecedores internacionais e nacionais ou mesmo soluções caseiras. O objetivo é melhorar a gestão de contêineres em pátios e berços e em zonas secundárias, integrando toda logística da carga.

    A eProfessionalTI está voltada para segmento logístico (portos e rodovias), que abrange depósito de contêineres vazios, operador portuário, serviço reefer, Redex, entre outros. O diretor da empresa, Luiz Carlos dos Santos, diz que a eProfessionalTI hoje visa reduzir o tempo das vistorias dos contêineres na entrada do terminal e também o registro de fotos digitais da avarias, aumentando o fluxo do processo.

    Segundo Santos, o uso dessa tecnologia reduz o tempo do registro das informações, o tempo de resposta para o cliente do terminal, aumento na produtividade e um inventário mais próximo da realidade.  “Esse desafio fez a eProfessionalTI olhar para o futuro e pensar no uso dos equipamentos veiculares, tais como: coletores de dados, smartphones e tablets”, explica. Todos esses equipamentos são utilizados através do modo WiFi ou 3G.

    Apoiada na tecnologia criou-se o sistema Sister (Sistema de Terminais), focado para o modelo operacional e administrativo do terminal de contêineres vazios e cheios.  A solução se integra ao sistema de gestão de carga (WMS) e ao sistema de transporte (TMS) das unidades. O Sister também permite integrações automatizadas através da troca eletrônica de dados (EDI, em inglês) com os clientes do terminal. Existem vários tipos de movimentos transformados em EDI, tais como movimentações de entrada, saída, vistorias, vistorias de avariados, reparos de estrutura e reparos de maquinário.  

    Pela internet é possível realizar agendamento de devolução de importação vazio, carregamento de exportação vazios, além de obter informações auxiliares. “Para o ano de 2016, temos uma programação de novos lançamentos, soluções com uso de equipamentos e tecnologia de smartphone e tablets”, projeta Santos. 

Fatal error: Call to a member function getTITULO() on boolean in D:\web\localuser\eprofessionalti\www\site\idioma_alert.php on line 9