LIGUE

13 99704-1050

13 99708-3695

NOTÍCIAS / Localfrio investe em sistema SAP para melhorar processos
  • Em busca de melhorar seus processos e controles internos, a Localfrio, empresa de logística integrada brasileira, implementou o ERP da SAP. Além de melhorias internas, a aquisição do sistema da empresa alemã buscava alinhar políticas de compliance e de governança corporativa da Localfrio.
    De acordo com a companhia, a implementação da tecnologia, realizada em parceria com a consultoria Engine, foi finalizada em sete meses. Período considerado recorde pela empresa.
    “Implementar módulos SAP demandam tempo, treinamento e adaptações. Para nossa surpresa, mesmo durante a pandemia, conseguimos finalizar todo o rollout em tempo recorde, em apenas sete meses”, explicou Ana Paula Romantini, CFO da Localfrio. "Foi um desafio enorme, ainda mais em tempos incertos como o que estamos vivendo. Graças à dedicação de diversas áreas e profissionais, hoje contamos com essa robusta tecnologia para suportarmos novos desafios", complementou.

    Para o projeto, a Localfrio contou com o envolvimento de 40 funcionários da área financeira e 10 consultores da Engine. Todas as reuniões, treinamentos e implementações foram realizadas de maneira remota. “Foi incrível ver os resultados e como chegamos a eles executando todo o trabalho on-line. É uma experiência altamente satisfatória e que mostra como podemos superar desafios em tempos difíceis”, contou Ana Paula.
    A companhia adquiriu os módulos FI, CO, MM e SD da SAP com o objetivo de automatizar e sistematizar processos das áreas de contas a pagar e receber, contábil, fiscal e financeira. Hoje a Localfrio conta com 10 sistemas legados, que passam a ter total integração com os módulos SAP.

    Com a implementação concluída, a Localfrio espera que a solução traga uma redução de custo de headcount de 15%, melhoria de informações aos acionistas, padronização de relatórios e segurança nos processos.
    As operações da Localfrio estão concentradas em São Paulo, Santa Catarina e Pernambuco. São seis unidades operacionais, sendo quatro terminais alfandegados.